EM BUSCA DO AMADO

Busque o Senhor até encontrá-lo! Ele se deixará encontrar por um coração faminto e sedento de Sua presença. A primeira pessoa a ver Jesus depois de Sua ressurreição foi Maria Madalena. Poderia ter sido Pedro, João, os discípulos que estavam no caminho de Emaús ou talvez Tomé. Mas a Bíblia diz que foi Maria. Ela foi a última a deixá-lo e a primeira a procurá-lo. Sabemos que Jesus havia expulsado dela sete demônios, mas neste dia, ela não estava buscando salvação. Seu coração havia sido capturado por Cristo e ela estava em busca do Salvador. Ao constatar que Ele não estava no túmulo, ela correu e anunciou o fato aos discípulos. Pedro e João foram até lá, viram com os próprios olhos que o sepulcro estava vazio e voltaram para casa (v.10). Maria, porém, permaneceu no local, chorando. Sem Jesus, o seu mundo estava vazio e nada mais parecia fazer sentido. Nem mesmo a visão dos anjos a surpreenderam. O Senhor havia tomado sua mente e coração e ela havia decido nunca mais estar satisfeita até poder encontrá-lo. Seu coração estava sedento e faminto por Sua presença, e não lhe ocorria que Ele pudesse ter ressuscitado. Quando Jesus se apresentou, ela não o reconheceu, e pensando ser o jardineiro, disse-lhe: “Senhor, se tu o levaste, dize-me onde o puseste, e eu o levarei” (v.15). Não sabemos se ela era fisicamente forte para levá-lo, mas o verdadeiro amor não mede distância nem dificuldade. Ele torna possível o impossível. Sob tais circunstâncias conseguimos entender porque Jesus não se manifestou primeiro a Pedro, a João ou a qualquer outro discípulo, mas a Maria. Ele está disposto a satisfazer, primeiramente, o coração de quem tem fome e sede de Sua santa presença. O que você fará? Voltará para casa acomodado ou buscará até encontrá-lo? “Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto”.


Ministérios


Notícias


DEVOCIONAIS EM VÍDEOS