O ANELO DO JUSTO

Deus tem prazer em nossas vidas! Ele nos elegeu, antes da fundação do mundo, para que estivéssemos diante Dele como reis e sacerdotes. Enquanto ministramos a adoração que somente Ele é digno de receber, Ele está executando um plano para cada um de nós. Mesmo quando as adversidades nos sobrevêm, o Eterno segura as nossas mãos e nos dá o livramento. Davi declarou: “Ainda que caia, não ficará prostrado, pois o Senhor o sustém com a sua mão” (Sl 37.24). Jamais ficaremos desamparados ou a mercê de nossos inimigos porque temos um Advogado que pleiteia as nossas causas diante do Justo Juiz. Nem mesmo o pecado poderá nos separar da Sua graça, misericórdia e perdão. João disse: “Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo. E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo” (1Jo 2.1,2). Apóie-se na graça do Senhor e levante-se! Ainda que sejamos alvo de acusações, perseguições, zombarias ou difamações, o Senhor advogará em nosso favor e cumprirá o anelo dos nossos corações. A expressão do nosso anseio por Deus é a oração, a qual Ele aceitará e responderá. O salmista escreveu: “Ele cumprirá o desejo dos que o temem; ouvirá o seu clamor, e os salvará” (Sl 145.19). Aleluia! O anelo do justo se realiza porque é gerado pelo Espírito Santo e se acha fundamentado sobre a Palavra de Deus. Ele vela de Sua palavra para cumpri-la, por isso não temos que viver receosos ou atemorizados. “Deleita-te também no Senhor, e te concederá os desejos do teu coração. Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará. Descansa no Senhor, e espera nele” (Sl 37. 4,5,7).



Ministérios


Notícias


DEVOCIONAIS EM VÍDEOS